Ratona de Biblioteca

SABADÃO. CERVEJÃO. PEGAÇÃO. (LITERATURA)

Hoje além de ser dia de encher a cara tomando vários corotes sabor pêssego e passar o rodo em quem soltar um suspiro mais ofegante do lado da gente, também é dia dar uma lidinha em alguma coisa só para aquecer um pouco o cérebro.

Baboseiras à parte, trago hoje aqui uma nova saga espacial pica das galáxias. A jornada: Ratona de Biblioteca. Que nada mais é do que três indicações de livros aleatórios que eu costumo dar uma xeretada quando eu passo minhas tardes nas bibliotecas de São Paulo. Trarei a ficha catalográfica, o sumário, para vocês saberem quais os temas abordados nas obras e uma breve descrição.

OBS: Não trarei aqui resenhas enormes sobre os livros que leio nas bibliotecas, se não fica um artigo muito extenso e cansativo. Caso vocês queiram que eu faça uma resenha mais detalhada com minha opinião sobre cada obra, peça nos comentários que a gente dá uma negociada depois.

Essa semana eu fui dar uma conferida nos acervos da Biblioteca Pública Alceu Amoroso Lima. Localizada, na Avenida Henrique Shaumann, 777. Pinheiros, São Paulo.

biblioteca
Imagem retirada da internet

A Biblioteca Alceu Amoroso Lima possui sua Temática em Poesia. Teve sua inauguração em dezembro de 1979, e tornou-se um ponto de cultura no bairro de Pinheiros. Além do mais, conta com um andar inteiro voltado para acervos de poesia.

 

Os livros que eu peguei das prateleiras para ler, foram:

  1. Preconceito Contra a Mulher (diferença, poemas e corpos) / Sandra Azeredo; 2º Edição. São Paulo. Editora: Cortez, 2007. Gênero: Ciências Humanas e Sociais. 120 Páginas.

    Sumário

 Apresentação

Introdução – A produção e a manutenção do preconceito contra a mulher

Mulher e filosofia – A construção da ‘’mulher’’ em fragmentos da filosofia ocidental

Teoria feminista – As (des)construções dos conceitos pelas mulheres

Concluindo – Algumas anotações sobre a amizade

 

  • A obra faz uma genealogia da ”mulher”. Genealogia essa que tem como objetivo desafiar a busca de origem que tenta capturar a essência e a identidade. O livro aponta para questões de construção e desconstrução com relação aos equiparados das igualdades e mostra que existem outras formas de buscar tais formas, como por exemplo, através da: poesia, a arte, a coragem, a escrita, e o desafio.

 

img_1488400128865
Acervos da biblioteca

 

  1. Gomorra / Roberto Saviano; 6º Edição. Rio de Janeiro. Editora: Bertrand Brasil LTDA, 2008. Gênero: Romance. 349 páginas.

Sumário

Primeira Parte

O porto

Angelina Jolie

O sistema

A guerra de secondigliano

Mulheres

Segunda Parte

Kalashinikov

Cimento Armado

Dom Peppino Diana

Hollywod

Aberdeen, Mondragone

Terra dos fogos

 

  • O comércio de bens ilícitos envolve um mercado clandestino de vidas, denunciando as ações da Camorra e expondo uma realidade nada fácil. O jornalista Roberto Saviano, está sob proteção policial por ter sido ameaçado de morte pela máfia e acaba se infiltrando em setores camorristas para descobrir as artérias do funcionamento da máfia napolitana. O autor expõe diversos esquemas ilegais e traz à tona um capitalismo selvagem que é completamente implacável e corrupto.

 

img_1488400244121
Frases de Castro Alves nos paredes da biblioteca

 

  1. Os segredos do Casarão / Elizabeth Artmann; 1º Edição. São Paulo. Editora: Petit, 1999. Gênero: Romance Espírita. 116 páginas.

 Sumário

Na padaria

O casarão

O socorro

Recobrando energias

O passado

O problema de tonico

No centro espírita

Novamente no passado

O tratamento

O encontro no casarão

E tudo acabou bem

 

  • Rose era uma mulher jovem e rica, que ao se mudar para uma determinada cidade, sente-se atraída por um casarão abandonado. Qual seria o motivo dessa atração estranha? Algumas pessoas decidem ajudar Rose e desvendar sua estranha atração por uma antiga mansão abandonada. Diante disso, todos acabam se envolvendo numa trama de suspense e mistério ao tentarem desvendar os segredos ocultos do casarão e quais são as histórias que aquelas paredes velhas podem contar.

img_20170301_172342574
Os livros que eu dei uma xeretada

 

Antes de sair pro rolê dá uma lida. E se forem transar, usem camisinha sabor morango e tomem um  Engov antes e outro depois de beber.

Até sábado que vem para outra saga de: RATONA DE BIBLIOTECA.

Anúncios

2 comentários em “Ratona de Biblioteca

Adicione o seu

Comente sobre isso

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: