PROJETO FOTOGRÁFICO 6 ON 6 |OUTONO

Outono, a estação das flores secas. Coincidentemente, por aqui o sol brotou meio morno, dias e mais dias consecutivos de chuva e felizmente horas de sobra para apreciar a quentura do chá juntamente com a leitura de matrizes africanas, visitar instalações infestada de abandono e lixo, pisar em flores alaranjadas com os pés secos e rachados e ainda dormir com Alighieri em punho. 

LRM_EXPORT_20180405_112317

Diziam os meteorologistas que a temperatura beirava os 16º, com pancadas de chuva e vento forte. Pois bem, sou do tipo de ser humano que tem o corpo em brasas em sequências  constantes e pico alto de temperatura mais precisamente às 4h da madrugada. Lá fora frio e pessoas enroladas em mantas finas enquanto eu: café em porcelana e camisa de flanela aberta recebendo uma leve geada no peito.

LRM_EXPORT_20180402_182334

Posters de mulheres nuas espalhados pelo chão, garrafas de álcool tombadas totalmente secas, papéis espalhados traçando um caminho sombrio da escada até o topo, cheiro de urina, pontas de diferentes marcas de cigarro, camisinhas usada, paredes pichadas, homens dormindo em cimas de trapos e sujeira. E pensar que esse lugar fica dentro de um parque cheio de árvores coloridas e flores secas.

LRM_EXPORT_20180405_112823

[ Aconselhado por “amigos”, avança sobre bebidas e mulheres. Insônia e tonteira instaladas, passa a ouvir vozes e grunhidos. “O que há comigo?”, pensa. É mais um caso de obsessão ]. Chá de camomila e Tambores de Angola para discernir sobre o que de fato é o Outono.

LRM_EXPORT_20180405_005018

Neste exato instante de outono há um vento gélido e pálido sobre meu corpo. Vejo as árvores a balançar sem piedade e os próximos goles com tendência a serem quentes, gelarem bem diante de meus olhos. Alguém pisa em falso e emana o som “crek”. Uma folha seca foi quebrada. Olho para o sol e o vejo meio turvo, não muito amarelo. A cidade grita: “flores mortas no jardim”. Outono!

LRM_EXPORT_20180402_181527

Sapateio em flores mortas, meio alaranjadas, meio marrons, todas secas. Estas flores me fazem voltar a dois anos atrás e me colocam novamente na cena do suicido, depois me fazem pousar na mistura dos remédios antidepressivos com álcool e, por fim, me jogam em cima da mesa de cirurgia que me deu uma placa de metal e cinco pinos de aço no tornozelo direito. Um deles ficou espanado para fora, ainda sinto dificuldades para caminhar todos os dias. Outono que fala né? A estação das flores secas.

LRM_EXPORT_20180405_002522

Volto aos dias atuais e deixo os acontecimentos passados para relembrar em outras estações mais adiante. Puxo do livreiro: A divina comédia – Inferno, para reler. Acho que a vida é isso, é conhecer constantemente o inferno e padecer no paraíso.


PROJETO FOTOGRÁFICO 6 ON 6 | OUTONO

EDITORA SCENARIUM PLURAL

PARTICIPAM DESTE PROJETO: Mariana GouveiaLunna GuedesObdúlio Ortega

 

Anúncios

13 comentários em “PROJETO FOTOGRÁFICO 6 ON 6 |OUTONO

Adicione o seu

    1. Mana, gratidão por seu comentário gentil. Fico feliz que tenha curtido, é um projeto bem bacana do qual participo. Todo dia 6 de cada mês tem um tema diferente, mês que vem o tema é: Retratos.
      Volte para acompanhar os textos e as fotografias que viram.

      Curtido por 1 pessoa

    1. Opa, obrigada pelo comentário gentil e revigorante. Vou caçar aqui agora alguns escritos de António para ler. Obrigada pela indicação.

      Volte sempre que desejar.
      Tenha um ótimo dia!

      Curtir

Comente sobre isso

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: