Prazer, encanto

Teu corpo trêmulo, tuas carnes firmes, teu gozo em meus dedos, tua voz ofegante em meus ouvidos…

Preciso de mais, é preciso dizer. Necessito de você refém em meus braços, colada em meu corpo, refugiando-se em meu peito, encharcando meus lençóis. Por onde andava toda a minha gana de ti? Açoito-me diariamente sobre isto, indagando-me até quando eu poderia aguentar distante de seu magnifico corpo desnudo e quente. Enfim, tudo o que me resta neste exato momento são as lembranças de ti ontem em minha cama, e que lembranças… Continue lendo “Prazer, encanto”

Segunda-Feira, parte 1

Me deparei com uma mensagem no celular com os dizeres: Amor, hoje eu vou almoçar ás 13:00h! Há, e vou querer dar para você ao invés de almoçarmos como de costume. Fiquei então olhando a tela do celular por algum tempo, na dúvida do que responder e do que pensar a respeito, o fato era que, de fato minha imaginação já corria solta e em fuga para habitar os pensamentos mais eróticos possíveis.  Uma hora em ponto ela me manda outra mensagem dizendo que já tinha chego, mais que rapidamente então, me pus alerta e desci as escadas num passo ligeiro, prontamente apta para a tarefa que eu exerceria em seguida. Era um dia chuvoso e cinza, lindamente propicio para uma tarde de amor e prazer, embalada por vontades quentes e carnívoras que não cabiam no peito, muito menos nas almas. Assim que ela me avistou, veio mais que apressada de encontro aos meus braços, sorrindo e me beijando como se o mundo fosse acabar no dia posterior. Como minha vontade felina já tinha sido despertada, agarrei suas nádegas e apertei fortemente, despertando então, sua vontade carnívora por meu corpo em contato com sua pele. Continue lendo “Segunda-Feira, parte 1”

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: